Tio Sam News



Blog de notícias e curiosidades

Links úteis para: Mapas, Jornais, Televisão, Radios , Correio, CPF, CNPJ, IR, Certidão Antecedentes, Pequisas, Resultado Loteria, Livros, IPVA, Tradutor, Bancos, Bíblia, MSN, ORKUT, YouTube, Musica, Videos, Temperatura. Noticias de todos os assuntos e de todos os lugares do mundo e muito, muito mais...

Bem vindos as novidades

Tradutor on Line do Blog



Últimas Notícias do Portal G1

sábado, 5 de janeiro de 2008

Derrota leva Hillary a rever tática

Washington - Para a senadora Hillary Clinton, supostamente favorita na disputa pela candidatura democrata à Casa Branca, Iowa sempre foi um grande risco. Agora sua equipe precisa decidir como reorganizar uma campanha, baseada na experiência, para atrair um eleitorado que deseja mudanças.
Depois de seu discurso final aos eleitores de Iowa, que se concentrou em seus 35 anos de serviço público, Hillary descobriu que a população local queria ouvir uma mensagem bem diferente.
Com uma margem de mais de dois para um, os participantes entrevistados na chegada aos locais das assembléias apontaram a mudança, e não a experiência, como a qualidade mais importante para decidir seu voto.
A maior chance de ser eleita em uma disputa direta com os republicanos, outro argumento apresentado pela campanha de Hillary, ficou bem atrás em termos de importância.
A senadora até que apareceu na noite de quinta-feira, em Iowa, para adotar uma mensagem de mudança, mas não conseguiu desgrudar-se do argumento de que só ela está pronta para a presidência.
"Estamos enviando uma clara mensagem: teremos mudança. E essa mudança será um presidente democrata na Casa Branca em 2009", disse ela a simpatizantes no momento em que reconheceu a vitória do senador Obama.
Hillary, porém, acrescentou: "O mais importante agora é saber que venceremos em novembro de 2008 nomeando um candidato que é capaz de chegar à presidência. E quem será o melhor presidente desde o primeiro dia? Estou pronta para essa disputa."
Depois do comício, Bill Clinton, seu marido e ex-presidente, disse aos abatidos assessores de Hillary que havia uma boa notícia nos resultados. De acordo com ele, a campanha da ex-primeira-dama havia conquistado bem mais do que os 70 mil eleitores esperados.
As informações são de O Estado de S. Paulo.
(Jonathan Weisman e Paul Kane)


Nenhum comentário: